Zelador - Picasso & Pierre

@picassoepierre
Picasso e Pierre

O talento e história de Picasso e Pierre com retorno grandioso aos palcos

Diretamente de Cana Verde, no interior de Minas Gerais, esta é uma dupla que traz na essência a pureza da vida em família e o gosto pelo que é simples e ao mesmo tempo singelo.

A infância foi sempre marcada pelos embalos das vozes de Zezé di Camargo & Luciano, João Paulo & Daniel, Gian & Giovani e Leandro & Leonardo ao lado de Milionário e José Rico. O bisavô, regente e maestro de banda era até então o único registro familiar de músicos, atéem 1998, quando os irmãos Picasso & Pierre deram novamente o início no ciclo artístico ao sobrenome "Morais Barbosa".

Pierre foi o primeiro a se envolver profissionalmente com a música. Ao lado do amigo ele formava a parceria como Paulo "Roberto & Pierre", sendo Picasso um dos músicos. Porém no mesmo ano (1998), o parceiro desistiu dos vocais e Picasso passou a ser o segunda voz da dupla, nascendo assim, a dupla mineira "Picasso & Pierre".

Além dos clássicos sertanejos eternizado em ídolos consagrados, o som da MPB - Música Popular Brasileira, os bons hits internacionais das décadas de 80 e 90 e a mistura de Renato Teixeira, Zé Ramalho e Almir Sater completam o repertório de preferências e influências

Nos anos 2000, o primeiro CD profissional finalmente sai do papel com a assinatura de nada mais nada menos que Maestro Pinochio. Com 10 faixas os destaques foram os singles "Maluquinha" e "Barca Furada". Em 2003 mais um trabalho juntos, desta vez autoral com os singles "Sapatiou" e "Pra que chorar".

Entre um show e outro por todo o país, uma pausa nos compromissos para entrar em estúdio e fazer nascer um novo trabalho, sendo 2004, mais um CD gravado e 9 faixas com composições próprias produzidas pelo Maestro Marinho do Acordeon.

Em 2013 com o falecimento da mãe, os compromissos na universidade e a desestabilidade do mercado fizeram com que ambos dessem uma pausa na carreira nacional, dedicando-se exclusivamente a pequenos projetos e rotinas pessoais. O contato com o público nunca parou, sendo sempre questionados sobre a volta aos palcos.

O tão esperado retorno tem seu 'start' em 2018, no feriado de carnaval. Como assim quis o destino, Picasso & Pierre foram convidados a passar um dia de descanso com os amigos em um rancho. Entre uma cantoria e outra, junto aos estímulos para a tão sonhada 'volta', os artistas conheceram Luciano (Pitanga) e Ana Paula Gomide, pessoas que hoje somam-se como investidores e apoiadores, que assim como eles acreditam nos sentimentos, missão e talento dos dois.

Com mais uma manobra do destino, poucos dias depois, por intermédio do amigo Tarlei Júnior, eles conhecem Marcelo Lima (irmão do cantor Gusttavo Lima), que se propôs a ajudar neste recomeço produzindo um single. Coincidentemente o trabalho escolhido é a canção "Zelador", composição de Luciano Lima, também irmão de Gusttavo, que será lançada em breve.

Das palavras do ídolo e uma das canções preferidas vem o estímulo a nunca desistir do sonho e sempre continuar: "Ando devagar porque já tive pressa, levo esse sorriso porque já chorei demais" -Tocando em Frente - Almir Sater